Selagem da Turbina a Vapor

Geral Turbina a Vapor

Para evitar a entrada de ar para o interior da turbina ou a saída de vapor para o exterior utilizamos dispositivos de selagem, o utilizado em turbinas de maior porte são os labirintos que são peças com ranhuras nos locais onde o eixo sai da carcaça.

 Para evitar a saída de vapor, ao passar entre os anéis e o eixo o vapor sofre sucessivas quedas de pressão e perde velocidade devido o turbilhonamento.

Para evitar entrada de ar na turbina utilizamos o vapor com a pressão ligeiramente acima da pressão atmosférica, dessa forma o vapor sobrepõe a pressão atmosférica com parte do vapor vazando para dentro da turbina e a outra parte vazando no sentido externo sendo que esse será succionado para o condensador de vapor de selagem ou sairá por tiragem natural através de uma tubulação direcionada para atmosfera.

EXEMPLO DE SELAGEM EXTERNA

Na selagem da turbina utilizamos vapor de fonte externa ou o próprio vapor que vaza na selagem da região de maior pressão da turbina. Turbinas que trabalham autoseladas terão uma válvula para aliviar o excesso de pressão para o condensador.

Operação correta e problemas comuns

É importante ter atenção ao quebrar o vácuo do condensador, sempre deverá ser quebrado o vácuo antes de retirar a selagem de operação, caso seja feito o contrário teremos grande entrada de ar para dentro da turbina, como o ar está frio e a selagem quente poderemos ter a deformação dos labirintos.

 

Segue abaixo um vídeo com uma explicação mais detalhada.

Website | + posts

Graduando em Administração pela Faculdade Cruzeiro do Sul, Curso Técnico em Eletrotécnica. Mais de 10 anos de experiência em operação de termelétricas.

Contato: Linkedin Pessoal

Contato: Linkedin Termoblog

2 thoughts on “Selagem da Turbina a Vapor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.